"Você encontra milhares de pessoas e nenhuma delas te tocam, e então, você encontra uma pessoa, e a sua vida muda. Para sempre."
(Love & Other Drugs)

PROCURAR CAPÍTULO

sexta-feira, 8 de março de 2013

Capítulo 06: Ódio a primeira vista.


Capítulo Anterior:
Travis foi junto com Demi,porque segundo ele,a casa dele era perto do condomínio dela.




#JoeOn
Estávamos indo para casa, eu e Nick. O silêncio reinava naquele carro.
- Nick: A Demi é muito legal né. Mas legal ainda é saber que o pai dela é sócio do nosso pai. – Falou animado. Animado demais até.
- Joe: Você não é afim da Miley? Por que tá todo bobo pela Demetria? – Perguntei desconfiado e ao mesmo tempo divertido.
- Nick: Sou, mas você sabe, entre mim e a Miley, só rola aquela amizade colorida. E não estou bobo pela Demi, só disse que ela é legal.
- Joe: Que seja. Para mim, aquela garota é maluca. Se irrita com qualquer coisinha e quando é ela que faz a merda, ninguém pode falar nada. E ainda acha que me conhece. É uma completa babaca de Londres. – Falei com desprezo.
- Nick: Eu acho que você está interessado nela. – Falou e riu.
- Joe: Puta merda, Nicholas! Não brinca com uma coisa dessas, por favor. Prefiro pegar a Chelsea, do que aquela garota. – Falei sério e ele continuo a rir.
- Nick: Sei, sei... – Falou desconfiado, mas ainda rindo.
Não mereço ter que ver o meu irmão desconfiando de mim. Até parece mesmo que eu ia gostar de alguém como a Demetria. Ela até faz meu tipo. Afinal, meu tipo é mulher, se é que me entende. Mas eu nunca ficaria com ela, nem que fosse uma transa. NUNCA! Preferia de verdade ficar com a Chelsea. Claro, que em quesitos de corpo e beleza,a Demetria ganhava e como ganhava. Porque a maldita, infelizmente é MUITO gostosa. E eu acho que ela tem plena consciência disso. Talvez seja por isso que ela trate as pessoas assim.
Quando chegamos em casa, Nick estacionou o carro na garagem e em seguida saímos.
Entrei pela porta que havia na garagem e dava para sala de jogos, passei por ali e não havia ninguém, bem obvio isso. Afinal éramos só eu, Nick e nossos pais.
Subi até meu quarto, largando minha mochila em um canto qualquer e indo até o closet pegar uma bermuda e uma cueca. Depois fui ao banheiro, para tomar banho. Sai com os cabelos molhados e só de bermuda, desci em direção a sala de estar, onde minha mãe e a empregada já estavam arrumando a mesa, para nós almoçarmos. E meu pai como sempre não estava em casa, talvez nem viria almoçar e isso com certeza aborreceria minha mãe. Meu pai trabalhava demais, isso é fato! E esquece demais minha mãe e o restante da família, eles brigavam várias e várias vezes. Toda vez que eles começavam a brigar Nick sai de casa, ele não aguentava isso. Ele ia para casa de Miley, onde ela o aconselhava e o apoiava. Assim era melhor. Nem eu aguentava,  é claro, mas eu não gostava de deixar a minha mãe. Não que meu pai seja o tipo de homem que agride mulheres, mas na hora da raiva, nós não pensamos. Então sempre ficava em casa.
Me sentei a mesa, logo em seguida vi Nick vindo em minha direção, ele se sentou ao meu lado. Depois que o almoço estava pronto e servido, minha mãe se sentou de frente para nós e sorriu. Um sorriso meigo,acolhedor, mas inseguro. Nos servimos e começamos a comer.
- Denise: O que vocês vão fazer hoje? – Perguntou quebrando aquele silêncio.
- Nick: Mais tarde, eu vou na casa de Miley, vou explicar o conteúdo que ela não entendeu. – Falou dando goles em seu suco. A verdade é que Nick nunca mais trouxe Miley aqui em casa, depois que nossos pais discutiram na frente dela e obvio que ela ficou assustada. Ele só a trazia aqui, quando marcávamos de ver filmes ,jogar, fazer festas e essas coisas.
- Denise: Ah sim,mande um beijo a ela. – Falou e sorriu. – E você Joseph?
- Joe: Vou jogar a tarde toda, mas lá pelas 18h e pouca, eu to de volta. – Falei terminando de comer.
Depois que terminei de comer, subi para o meu quarto, onde escovei os dentes e fiquei procurando meu celular, olhei na gaveta e achei o mesmo. Mas também achei algo, que não queria achar, algo que não queria me lembrar e algo que eu nem sei porque ainda tinha. Era uma foto minha com Blanda...Blanda, era minha ex-namorada. Maldita seja! Eu amei mais que tudo nessa vida, dei meu mundo para ela, dei o possível e o impossível para ela. E quando fizemos 2 ano e meio de namoro, eu descobri que ela me traia. Fiquei como: O Corno Apaixonado! Todas as pessoas que sabiam riam da minha cara e nas minhas costas, e eu não sabia o porquê disso. Até descobrir a verdade. Bem, fiquei meses e meses na merda, literalmente. Não tinha vontade de jogar ,sair, de me divertir e nem mesmo viver. Mas Logan, como um bom amigo ,que nunca desistiu de mim. Me ajudou a me reergue. De todos Logan era meu melhor amigo, ele era como um irmão para mim. Nick, Travis e Miley, também eram/são muito importantes para mim. Eles também tentaram me ajudar, mas não conseguiram, desistir eles também não desistiram. Mas Logan foi o único, que realmente conseguiu me ajudar. Então, eu tenho um motivo para ser um babaca, que pega todas e nem ao menos sabe seus nome. Prefiro assim. Sem amor, sem afeto, sem nomes. Só transa. Peguei a foto, juntamente com um isqueiro que havia ali e comecei a queimar a mesma. Depois ter feito isso, coloquei meu celular para despertar ás 14h e depois me deitei. Iria descansar até a hora do treino.
#JoeOf
#DemiOn

Fui até um certo caminho de casa com Travis, fomos rindo e conversando. Contei a ele como era Londres e contei certas coisas a ele. Ele me contou as histórias de L.A e disse que iria fazer um Tour comigo. E disse com todas as letras “Vai ser o melhor Tour da sua vida” depois soltou uma risadinha maliciosa. Com certeza de todos Travis e Miley,foram os que eu mais me identifiquei. Travis por ser bem humorado, animada e me lembrava muito o Alex,só que de um jeitinho Travis de ser. Miley era muito parecida comigo, tanto no estilo como na personalidade, só que uma coisa que me diferenciava dela, é que eu era mais grossa, rs. Nick era legal também, muito gente boa ,mas um pouco tímido, o que eu achava adorável. E eu já percebi que rolava algo entre ele e Miley. Ainda não tomei coragem para pergunta, afinal os conheci a poucas horas. Mas logo tomarei coragem. Logan era o bobão do grupo, sempre fazendo todos rir, mulherengo, coisa que eu não gostava, mas ele em fazia rir. Já Joe ,era o babaca! De todos ele era o mais mulherengo, já percebi isso, quando vi ele rodeado de meninas. Odiava isso! Com certeza o que sinto por ele é ódio a primeira vista.
Fiquei pensando nessas coisas, até que a porta do elevador abrir, era meu andar. Sai e fui em direção a porta do apartamento. Como meu pai, ainda não havia me dado uma chave,eu tive que bater na porta. Carmem que abriu a porta para mim.
- Carmem: Você demorou. – Falou olhando enquanto eu entrava.
- Demi: É que vim conversando com um colega.  – Falei me sentando ao sofá.
- Carmem: Já arranjou amigos? – Perguntou.
- Demi: Mais ou menos. Ainda estamos em fase de nos conhecer. Vou tomar banho!
- Carmem: Não demore, o almoço já está quase pronto.
- Demi: Tudo bem! – Falei e segui meu caminho.
Entrei no meu quarto e joguei a mochila em qualquer lugar. Depois fui em direção ao closet, onde estavam minhas malas cheias. Marquei de estudar com Travis ás 15:30, então acho que nesse meio tempo arrumaria minhas malas. Abri uma das malas e tirei minha calcinha e sutiã. Fui em direção ao banheiro, coloquei água morna na banheira. Tirei minhas roupas, acessórios e entrei. A água estava mais gelada, do que para morna. Fiquei ali, encarando minhas marcas e me lembrando de tudo que aconteceu por causa delas. Acordei o meu transe, não queria pensar naquilo. Sinceramente, eu me sentia feliz. Por está ali, por conhecer todas aquelas pessoas, até mesmo Joe. Logo sai do banheiro de calcinha e sutiã. Isso é mania! Fui até meu closet e peguei um shorts jeans, era tão curto que aparecia a bochecha da minha bunda. Foda-se,vou usar! Depois uma regata preta com, que deixava minha barriga de fora. Prendi o cabelo em um coque, bem malfeito por fim e fiquei descalço. Sai do meu quarto em direção a sala de estar, meu pai já estava lá sentado. Estava lendo uns documentos, me sentei no mesmo lugar, de hoje de manhã.
- Patrick: Você está precisando de roupas? – Perguntou rindo. Ótimo, tenho um pai piadista.
- Demi: Não! Mas se o senhor quiser me dar, eu aceito. – Falei rindo.
- Carmem: Como foi o primeiro dia? – Falou colocando o suco no centro da mesa e em seguida se sentando.
- Demi: Foi melhor do que eu esperava. – Falei e sorri fraco.
- Patrick: Fez amigos? – Perguntou se servindo.
- Demi: Bem, eu estou os conhecendo. – Falei me servindo. – Conheci uma garota, chamada Miley, ela me disse que o pai dela é seu sócio. Também conheci dois garotos que o pai também é seu sócio.
- Patrick: Que bom que conheceu os três, espero que se tornem bons amigos. – Falou sorrindo. Nem sabe ele, que eu já odeio Joe. – E para falar neles, eu darei um jantar hoje em sua homenagem e convidei eles e seus filhos.
- Demi: Que? Não preciso de jantar em minha homenagem. Isso é tão desnecessário. – Falei meio irritada. Odiava coisas desse tipo.
- Patrick: Demetria, entenda, eles são meus sócios e você minha filha. Preciso lhe apresentar a eles. Não vai ser nada extraordinário, vai ser tudo bem simples.
- Demi: Tudo bem... – Falei emburrada.
- Carmem: Então Demi, o que você vai fazer hoje a tarde? – Perguntou.
- Demi: Arrumar meu closet e vou dar aulas de matemática ao Travis.
- Carmem: Quem é Travis? – Perguntou curiosa e rindo maliciosa.
- Patrick: Por favor Carmem, são só aulas de matemática. – Falou sério.
- Demi: Ele é um dos colegas que eu conheci hoje. Ele pediu ajuda aos amigos deles, mas nenhum pode. Então eu me ofereci. Afinal, sou boa em matemática. Ele mora aqui perto.
- Patrick: Espero que seja só para estudar mesmo. – Falou sério.
- Carmem: Ué Patrick, não foi você mesmo que disse: “São só aulas de matemática”. – Falou rindo, eu ri junto.
Quando terminamos de almoçar, eu voltei ao meu quarto. Escovei os dentes e deitei por uns 30 minutos, depois comecei a arrumar as coisas em meu quarto.

 ------X--------
E ai está mais um capítulo, espero que gostem! Vim pedir mais uma vez que vocês comentem direito. Se tiver comentários só com "posta logo" e coisas do tipo, eu vou excluir. Desculpa ): 6 comentários para o próximo cap!!

10 comentários:

  1. Meu ta perfeito, como sempre *-*

    ResponderExcluir
  2. Na hora q tah bom ao extremo acaba ahah

    ResponderExcluir
  3. arrazando na nova fic

    ResponderExcluir
  4. Amei! Nova leitora! (cap anterior) Ah Demetria fuma nessa fic?! O.o hshhahhshshshahahh Posta Logo
    Troca divulgação? >>> jjemiforevers2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. O capitulo esta perfeito, estou a ver esse estudar pode dar coisa.
    Posta logo

    ResponderExcluir
  6. Awn.. ameii :3
    Posta logo ok?!
    Bjuus

    ResponderExcluir